Críticas Filmes

Crítica | Polícia Federal – A lei é para todos

Filme traz a realidade sobre a Operação Lava Jato.

Apesar do diretor Marcelo Antunez falar que o filme Policia Federal- A lei é para todos “não é um filme político, é de entretenimento”, o longa está longe disso. Não é algo leve, é denso e extremamente pesado para o público que engole política do inicio ao fim, e isso não é culpa de Marcelo, afinal, um longa que retrata sobre a operação Lava Jato que já um assunto que decorre a vida dos brasileiros por um longo tempo não tem como ser leve.

Com a narração off de Antonio Calloni (Ivan Romero) desde o inicio, temos a certeza desde do primeiro minuto que aquilo não é apenas ficção, trata-se de uma adaptação à realidade. Realidade esta trazida pelos atores: Marcelo Serrado que vive a pele do Juiz Moro, Flávia Alessandra que faz o papel de uma delegada e Antônio Calloni que é Ivan Romero, aliás  vale destacar a atuação desse último que entre tantas atuações medianas se sobressaiu.

Mesmo que, com uma proposta não cumprida de sair do político e entreter o público, além de atuações fracas, o  longa que é o primeiro da trilogia, consegue prender o expectador com cenas dinâmicas e uma fotografia inteligente com paletas de cores que traz uma forma mais didática de retratar um assunto pesado.

Servindo tanto como cinema, mas também como denúncia, Marcelo consegue trazer para o público um pouco mais sobre a Operação Lava Jato, o diretor pretende lançar mais dois filmes fazendo assim uma trilogia.

O filme tem data para estreia dia 7 de setembro.

Camila Cabral
Estudante de Jornalismo, apaixonada por tudo que envolve o misticismo, cinema e música.